Como acabar com cupim de solo

Os cupins representam um grande risco para residências e prédios em todo o mundo. Ele é considerado uma das pragas que maus causam prejuízos para o ser humano, infelizmente este é um problema que pode acontecer em qualquer lugar.

Entre os principais tipos de cupins que existem dentro da área urbana, o cupim de madeira seca e o subterrâneo (também conhecido como cupim de terra e cupim de solo), são os mais prejudiciais.

Os cupins de solo são os mais agressivos e complicados e se lidar dentro da zona urbana. Estes são os cupins que forma aqueles cupinzeiros de terra, muitas vezes vistosos e bem firmes.

Esta espécie não se abriga dentro de madeiras ou dentro de residências, eles constroem o cupinzeiro próximo do local onde tem bastante comida e humidade e vão atrás de alimento como formigas.

Por este motivo, a presença deles pode ser facilmente notada. Este tipo de inseto é voraz e se alimenta da celulose de qualquer material. Couro, papel, madeira e concreto estão entre os alimentos prediletos deles. Portanto, não é difícil entender quais são os riscos estruturais trazidos pelos cupins.

Como sempre, evitar as pragas é sempre melhor do que remediar a situação. Claro que não é nada fácil tentar evitar um animal como o cupim, afinal ele come até concreto, mas é bom tentar.

É possível tentar evitar o aparecimento das pragas seguindo algumas medidas:

  • Cobrir frestas nas paredes;
  • Não acumular entulhos no quintal (principalmente quando houver madeira em meio ao entulho);
  • Preparar o solo antes de iniciar a construção;
  • Evitar que raízes e outros materiais orgânicos fiquem por baixo da estrutura;
  • Evitar deixar tocos de árvores ou raízes após a corta e poda. Este tipo de material, quando seca, vira uma excelente fonte de comida para cupins e com certeza vai atrair os insetos para próximo da sua residência.

Como acabar com o cupim de solo

Acabar com o cupim de solo não é uma tarefa fácil, como já mencionamos. Existem várias maneiras de fazer isso, mas é preciso um pouco de paciência e bastante estudo para cada caso.

A primeira coisa a se fazer é ter certeza sobre qual o cupim está causando problemas, quais as áreas. Ao identificar o tipo de cupim e ás áreas afetadas, existem três principais maneiras de controlar esta praga.

Uso de Cupinicidas não repelentes

Este é um tipo de cupinicida não tão comum no mercado, mas com certeza é o mais eficiente. Ele é um veneno que mata os cupins de uma vez por todas ao invés de repelir, como os repelentes fazem.

Ele funciona de forma bem simples, ao entrar em contato com o solo contaminado com o veneno, os cupins morreram rapidamente.

A melhor forma de aplicar este veneno é encontrando a colônia ou aplicando o veneno próximo ao local onde eles estão se abrigando. Caso o cupinzeiro não esteja próximo, a melhor solução é usar iscas.

Iscas e armadilhas para cupins

O uso de iscas e armadilhas é bem comum no controle de qualquer praga, formigas à roedores. Este tipo de controle também é muito indicado para quem quer acabar com cupins.

A isca contra cupins de solo funciona de forma bem simples. Primeiro é preciso identificar por onde os cupins estão transitando na busca por alimentos e então aplicar a isca por este caminho de acordo com instruções do fabricante.

Os cupins carregarão a isca para dentro da colônia e contaminarão outros insetos, assim como a rainha. A colônia então morre junto com a rainha, eliminando de uma vez por todas o problema.

Este é a solução mais prática e fácil disponível no mercado, apesar de ainda haver riscos de falha.

A isca deve ser aplicada de forma correta, e de preferência por algum treinado ou especializado para realizar a aplicação.